Os plásticos são subprodutos da indústria de petróleo, derivados tanto do óleo, pela extração de matérias-primas durante o processo de refino do petróleo bruto, quanto do gás natural.

Antes de saber mais dos plásticos, vamos falar um pouquinho sobre o petróleo. O chamado “óleo de pedra” é, em nosso tempo, a principal fonte de energia do mundo. Por meio da utilização dos produtos de seu refino é possível gerar desde energia elétrica até os mais variados produtos, como a base de um batom.

O Brasil é um importante produtor mundial de petróleo e sua produção promete tornar-se ainda mais relevante após a descoberta e início de exploração da chamada Camada Pré-Sal, na qual o país é pioneiro.

A utilização do petróleo é bastante antiga, com relatos de uso de betume para pavimentação de estradas antes dos tempos cristãos. Sabe-se que os chineses perfuravam poços rasos utilizando bambu no século IV a.C. procurando óleo bruto. Contudo, a indústria do petróleo teve início nos anos 1850, quando houve uma série de perfurações de poços e também se chegou ao modelo de refino que, com aprimoramentos, é utilizado ainda hoje.

Mas ninguém nunca comprou petróleo no supermercado ou num posto de combustíveis. É que a indústria petrolífera não vende o óleo bruto diretamente extraído do subsolo. Ele precisa passar por um processo chamado refino, que consiste em retirar suas impurezas. Com o refino são obtidos os produtos comerciais da indústria do petróleo que adquirimos e as matérias-primas de muitos outros.

No refino, durante o aumento da temperatura, o óleo atinge determinados níveis em que começam a ser extraídos os diferentes tipos de derivados. O primeiro é o gás, que é obtido quando o óleo bruto está ainda com menos de 40°C. Na faixa entre 60°C e 100°C, aproximadamente, recolhe-se a nafta que, além de matéria-prima para a gasolina, é também o material essencial da produção de plástico. Após a obtenção da nafta, o processo de refino do petróleo continua com a obtenção de querosene, diesel e óleos lubrificantes. E na etapa final do processo se obtêm ceras e base de asfalto.

Os materiais que serão utilizados para a obtenção de produtos plásticos, como a nafta e a parafina, dão a origem de outro tipo de cadeia produtiva, a chamada Indústria Petroquímica. Essa indústria é responsável por transformar os derivados de petróleo, por meio de processos químicos, em uma variedade de outros materiais.

Para a produção dos plásticos, o mais comum é a utilização de nafta. A nafta passa por um processo chamado “craqueamento”. Como diz o termo, originado da palavra em inglês cracking, a nafta tem suas moléculas complexas divididas em moléculas mais simples, com a “quebra” de algumas ligações químicas. Estas moléculas mais simples são denominadas monômeros e a obtenção de vários tipos delas é que define o futuro plástico. Entre os monômeros mais utilizados estão o eteno e o propeno.

Mas para chegar ao plástico falta um último passo. É o processo de polimerização, no qual, novamente por meio de reações químicas, uma série de moléculas monoméricas são agrupadas e ordenadas, dando origem ao polímero. Os polímeros formam longas cadeias, e suas propriedades variam em relação ao tamanho, à composição, à estrutura química e às interações moleculares existentes. É por isso que os plásticos são tão diferentes entre si. Com tantas variações, os plásticos podem ser em duas categorias: Termofixos e Termoplásticos.

Agora que fomos do petróleo até a fabricação da chamada resina plástica podemos continuar para entender um pouco melhor não só a complexidade como, principalmente, a importância dos plásticos atualmente.

Leia também:

Como surgiu o plástico

Usos do plástico

A importância da reciclagem

A chegada dos bioplásticos

Conheça a Linha do Tempo do plástico


14 Comentários

Thumb_sq_celular_cibele_023

Giovana

VALI A PELAS LER!!!

7
1
mais de 9 anos

Thumb_sq_default

leonardo

não

1
0
aprox. 7 anos

Thumb_sq_default

Mary

0i leonardo

1
0
aprox. 7 anos

Thumb_sq_lighthouse

Lorrana

legalll

1
0
aprox. 7 anos

Thumb_sq_default

Ckaua

daora né

1
0
aprox. 7 anos

Thumb_sq_default

THAYNÁ

O MEU DENOVO

2
2
aprox. 7 anos

Thumb_sq_default

THAYNÁ

FALANDO PALAVRAO MEU NAO PODE

2
2
aprox. 7 anos

Thumb_sq_default

Márcia

Todas essas informações são de grande importância para nossos alunos e também na ajuda da preservação do meio ambiente.

1
1
aprox. 6 anos

Thumb_sq_default

Maria

Legal gostei de saber disso

0
0
aprox. 2 anos

Thumb_sq_foto_educatu

Roselaine

Só estudando para entender o processo.

0
0
mais de 1 ano

Thumb_sq_bitmoji_helio

Helio

Estudando e aprendendo. O desafio é este. Estudar para agir de forma sustentável.

0
0
mais de 1 ano

Thumb_sq_eu

Vanessa

Saber de onde tudo vem é importante para seguirmos uma vida mais sustentável.

0
0
aprox. 1 mês

Thumb_sq_inbound8625454251750071704

Aline

os residuos de petroleo são os ultimos na torre de fracionamento e com menos valor.

0
0
16 dias