26
Abr/16

Você sabe quais são os alimentos nativos da sua região? Quando vamos ao mercado ou à feira, temos hoje uma oferta variada de frutas, verduras, cereais e outros tipos de alimentos que vêm de diferentes partes do Brasil e de outros países. Mas é importante que valorizemos aqueles que são de produção local, pois aproveitam melhor a condição regional do solo e do clima, com menos uso de tecnologia e aditivos químicos.

Além disso, o consumo de alimentos regionais favorece a cultura e a economia local, a biodiversidade de espécies e diminui os gastos de combustível com a logística. Quando a cozinha típica regional é valorizada, os alimentos locais também têm seu valor histórico reconhecido, o que é fundamental para que as pessoas tenham mais prazer na hora de fazer refeições nutritivas e variadas, estimuladas por um ambiente de convívio e troca.

A importância dos alimentos regionais é um tema presente no percurso “Comer, Dividir e Brincar” do Edukatu, no circuito Estilos Sustentáveis de Vida. Textos, infográficos e jogos são materiais que podem ser utilizados pelos professores de ensino Fundamental I e II para convidar os alunos a refletir sobre seus hábitos alimentares. O percurso “Comer, Dividir e Brincar” aborda também assuntos importantes como alimentação saudável; desnutrição e obesidade na infância; hortas; desperdício e uso integral de alimentos; consumo consciente de alimentos; leitura e conhecimento de rótulos.

O material didático desse percurso inclui também o game online Piquenique Saga, em que alunos e professores são convidados a refletir sobre seus hábitos alimentares a partir das escolhas que fazem na hora de montar o seu prato.

O percurso Comer, Dividir e Brincar conta com o apoio da Fundação Cargill. “A Fundação Cargill participa desta iniciativa, pois entende que a melhor maneira de promover hábitos alimentares mais saudáveis e o consumo consciente de alimentos é por meio da educação e sensibilização. Acreditamos que este tipo de vivência desperta a consciência necessária e, ao ser trabalhada de forma lúdica, potencializa toda a experiência e perpetua o conhecimento”, afirma Valéria Militelli, presidente da Fundação Cargill.


29 Comentários

26 comentários anteriores
Thumb_sq_default

talita

isso e legal

1
4
mais de 4 anos

Thumb_sq_snapchat-1710736527

Vivian

legal

0
0
quase 4 anos

Thumb_sq_default

Daiane

kkkkkkkk

0
0
mais de 1 ano

Filtre por Conteudo!

Post em destaque

O passo-a-passo do consumidor consciente

No Dia do Consumidor, comemorado em 15/03, o Akatu indica roteiro com 6 perguntas que orientam o consumo consciente no cotidiano

Arquivo

2012