26
Abr/18


Crédito: awesomecontent | Freepik.com

Por Porvir

Admita, é muito difícil para os cursos de formação inicial conseguirem acompanhar as mudanças na tecnologia. Novos temas e debates surgem sem que os currículos consigam reagir a tempo. Mesmo assim, a escola precisa reagir.

E como já estamos em uma fase em que mais do que adotar plataformas e dispositivos, é preciso um uso crítico, cursos rápidos podem ser uma boa alternativa para qualquer educador que queira se manter atualizado.

Separamos abaixo três desses cursos, que estão com inscrições abertas. Confira:

Um dia de Code IoT

Voltado para professores de escolas públicas de ensino fundamental, médio e técnico ou educadores que atuam em ONGs, o curso “Um dia de Code IoT” aborda conceitos e atividades iniciais de Internet das Coisas.

Com base no material didático da plataforma Code IoT, feita pela Samsung em parceria com o Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico, os educadores terão a oportunidade de participar de atividades práticas que servirão de base para eles desenvolverem oficinas com os estudantes em sala de aula.

O curso é presencial, tem duração de 8 horas e acontece no Espaço OCEAN, da USP (Universidade de São Paulo). Para participar, os interessados devem preencher um formulário de inscrição pelo site, podendo optar entre as atividades do dia 5 ou 19 de maio.

Uso consciente e responsável da Internet

Ao mesmo tempo que oferece conteúdos mais atualizados e conectados com o universo dos alunos, a internet pode se tornar um espaço em que crianças podem inconscientemente divulgar informações pessoais e serem expostas à publicidade abusiva, dentre outros perigos, inclusive em redes sociais. E isso é um assunto que merece ser tratado em sala de aula.

O “Curso de Formação de Professores Multiplicadores para uso consciente e responsável da Internet”, promovido pela ONG SaferNet com o Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR/Comitê Gestor da Internet no Brasil, discutirá estratégias educativas para promoção do uso responsável da Internet nas escolas para subsidiar atualização dos materiais de apoio disponíveis.

A formação de 8 horas para educadores que atuam na educação básica acontece no dia 3 de maio, na sede do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR, em São Paulo (SP). A organização promete abrir em breve outras formações para profissionais de outras áreas e do ensino superior.

Notícias falsas

Para oferecer aos educadores subsídios teóricos e práticos que ajudam a lidar com o fenômeno das notícias falsas (fake news, em inglês), a Equipe Mupi oferece um curso online que trata de reflexões sobre o tema, motivações dos criadores desse tipo de conteúdo e maneiras de disseminação.

Com suporte pedagógico e carga horária de 16 horas, o curso inclui aulas como: fake news e a febre amarela; fake news e a memória da internet; mas afinal, o que é fake news; viralização, tecnologias e pessoas; democratização dos meios de comunicação; e ferramentas para checar informações.

Para participar, os interessados devem ter conhecimentos básicos de informática e internet. O curso é gratuito, mas para obter o certificado os participantes devem efetuar o pagamento no valor R$ 45, além de realizar todas as atividades e responder ao questionário de avaliação.

Publicado por Moderador edukatu

0 Comentários

Filtre por Conteudo!

Post em destaque

O passo-a-passo do consumidor consciente

No Dia do Consumidor, comemorado em 15/03, o Akatu indica roteiro com 6 perguntas que orientam o consumo consciente no cotidiano

Arquivo

2012