3
Jun/20

freepik.com | freepik

Por: Porvir

As aulas remotas durante a quarentena do coronavírus (COVID-19) colocaram professores diante de processos mediados pela tecnologia que não existiam quando tudo era o “velho normal”. A necessidade de criar pontos de interatividade constante com o aluno e não apenas digitalizar o livro didático requer esforço extra para procurar as melhores ferramentas. Como não bastasse, ainda é preciso adaptá-las à necessidade da aula que começa daqui… meia hora. O tempo corre mais rápido quando se está longe da sala de aula.

E como os próprios professores dizem para seus alunos, não existe pergunta boba. O momento pode ser usado por educadores para se aperfeiçoar em ferramentas de primeira necessidade e acompanhar as tendências. Diante desse cenário a plataforma “Do mundo para a escola”, da Tecnologia Educacional lançou três trilhas de aprendizado pensadas especificamente em educadores.

A primeira parada para quem precisa melhorar a interatividade das aulas remotas, ir além de apresentações em PDF e compartilhar arquivos de um jeito fácil e rápido com a turma é a trilha 3 melhores ferramentas para qualquer professor.

Já ouviu falar em programação mas não sabe por onde começar? A trilha code faz uma apresentação sobre pensamento computacional, a linguagem Scratch e explica como professores podem desenvolver projetos na plataforma gratuita code.org ou com a placa de baixo custo MICRO:BIT.

Para cada etapa existe uma estratégia ou recurso indispensável. Na trilha sobre ferramentas, professores da educação infantil ao ensino médio encontram dicas de plataformas. Todos os vídeos são acompanhados de tutoriais para tirar uma aula do papel e surpreender os alunos, seja com desenho, histórias em quadrinhos ou gamificação.

Para acessar os conteúdos, basta fazem um cadastro com nome, e-mail e telefone.

Publicado por Moderador edukatu
das Equipes Conhecendo o Edukatu

0 Comentários

Filtre por Conteudo!

Post em destaque

O passo-a-passo do consumidor consciente

No Dia do Consumidor, comemorado em 15/03, o Akatu indica roteiro com 6 perguntas que orientam o consumo consciente no cotidiano

Arquivo

2012