Entre os dias 23 e 26 de agosto de 2022, o Edukatu esteve presencialmente na cidade de Duque de Caxias (RJ) para realizar ações de sensibilização sobre consumo consciente e resíduos sólidos com educadores e educadoras da rede municipal. Essa parceria é realizada com a Secretaria Municipal de Educação de Duque de Caxias, com o apoio da Braskem. Ao todo, mais de 100 professores foram sensibilizados e mobilizados.

Nessa formação, foram visitadas quatro escolas com a presença de educadores de 62 escolas diferentes entre os 4 distritos: Escola Municipal Expedicionário Aquino de Araújo (1° Distrito), CIEP 120 Monteiro Lobato (2° Distrito),CIEP 319 Oduvaldo Viana Filho (3° distrito) e Escola Municipal Dr. Ely Combat (4° distrito).

Durante o presencial, foram apresentados dados sobre o cenário de insustentabilidade ambiental e social em que vivemos, a perspectiva do consumo consciente e a proposta de formação. Foi também neste momento que os participantes puderam realizar o cadastro em nossa plataforma Edukatu, cadastrar uma equipe e responder o diagnóstico inicial. Como proposta de trabalho, além do encontro presencial, os(as) educadores e educadoras possuem etapas a serem cumpridas assincronamente, multiplicando os aprendizados adquiridos para as suas turmas.

Segundo a professora Kátia Cristina Mello da Fonseca, a plataforma é muito rica em conteúdos. A educadora vê a internet e o computador como ferramentas importantes para estudo dos(as) estudantes. Ela também ressalta que o acesso à plataforma já vai despertar o interesse desse público, já que além dos conteúdos diferentes, é uma rede colorida e alegre e que tem tudo para chamar a atenção dos(as) alunos(as).

Imagem 1: Educadores utilizando a plataforma Edukatu no encontro presencial.

Já a professora Taiane da Cruz de Moraes de Souza, também participante da formação, comenta que acredita na importância de trabalhar o tema dentro das possibilidades. Para ela, é necessário trabalhar desde a infância sobre o consumo consciente para repensar o que vão consumir, tendo o princípio de que todo processo vai muito além do que já realizamos atualmente.

No decorrer do encontro, com dinâmica e momentos de dúvidas, a interação na plataforma demonstrou ser uma imersão online dos(as) educadores e educadoras presentes na formação. Eles puderam explorar diferentes áreas da rede de aprendizagem, trazendo questões, apontamentos e reflexões importantes para construção do aprendizado sobre a plataforma e também no que diz respeito à temática central.

Imagem 2: Michelle Teixeira (Instituto Akatu) e educadores em dinâmica da formação.

Por fim, Luiz Felipe de Paula Pereira, integrante da Secretaria Municipal de Educação de Duque de Caxias (RJ), relata: “Eu acredito que não só os professores, vou me incluir também, tem uma mudança de pensamento após as informações, porque não era do nosso conhecimento, da nossa realidade. Até pela correria do dia a dia, a gente não consegue parar para estudar ou prestar atenção sobre o próprio futuro, no agora. E eu acredito que o caminho é esse, a gente começando a explicar as informações. Fazer aquele trabalho de formiguinha, passando de um para outro, passando com os alunos, para que a gente consiga construir uma sociedade melhor, cuidando do meio ambiente.

27/09/2022

Publicado por Moderador edukatu
das Equipes Conhecendo o Edukatu

3 Comentários

Thumb_sq_default

Maria

Precisamos trabalhar ODS e consumo consciente, mesmo com nossos bebês e crianças, de forma lúdica, para que elas aprendam sobre a importância de cuidar do nosso planeta.

2
0
2 meses

Thumb_sq_default

Eliana

Concordo Maria, tenho realizado atividades com as minhas crianças e pude perceber que mesmo eles sendo muito pequenos já trazem algum conhecimento sobre o assunto. Fico muito feliz.

1
0
2 meses

Thumb_sq_globo_edukatu_best

Moderador

Muito bom, professoras! Obrigada pelo retorno! :) seguimos rumo ao consumo consciente!

0
0
2 meses

Filtre por conteúdo

Post em destaque

O passo-a-passo do consumidor consciente

No Dia do Consumidor, comemorado em 15/03, o Akatu indica roteiro com 6 perguntas que orientam o consumo consciente no cotidiano

Arquivo

2012